Gestão de funcionários: as 4 melhores práticas para você aplicar

O sucesso de seu restaurante depende principalmente da qualidade da comida servida e da variedade no cardápio. Porém esses não são os únicos fatores que influenciam o êxito e a continuidade de um restaurante. A gestão de funcionários também é uma parte importante do negócio.

Para que tudo funcione de acordo no estabelecimento, a força de trabalho formada por garçons, cozinheiros, auxiliares de serviços gerais, técnicos administrativos, dentre outros profissionais, precisa estar bem coordenada e funcionando em sincronia. É possível obter uma equipe coesa e algumas boas práticas em gestão de funcionários podem trazer resultados muito melhores do que somente o oferecimento de um bom salário.

A gestão de funcionários é uma associação de habilidades que você, dono de restaurante, precisa ter. Essas habilidades associadas a políticas internas, práticas, processos, comportamentos, dentre outros fundamentos, potencializam seu capital humano.

Conheça, a seguir, as melhores práticas que você pode adotar em seu restaurante.

1. Oferecer treinamento e desenvolvimento

Esta é uma forma de garantir que todos os processos sejam executados de maneira correta e assim garantir que seu cliente será atendido dentro dos padrões estabelecidos por você. Além de cursos voltados à área de atuação do seu empregado, é possível oferecer cursos complementares.

Cursos de idiomas, por exemplo, além de capacitarem seu empregado, melhoraram seu atendimento para turistas, pois ficará mais fácil receber os pedidos corretamente. Fora o ganho na qualidade de atendimento do seu restaurante, a capacitação em um segundo idioma será um benefício que seu empregado levará para a vida toda.

2. Dar feedback 

Feedback é uma ótima maneira de aproximar as equipes. O problema é que quase ninguém sabe como dar um feedback, principalmente quando ele é negativo. Os feedbacks servem basicamente para duas coisas:

  • Reforçar um comportamento;
  • Corrigir um comportamento.

Ao reforçar um comportamento, o feedback mostrará ao empregado que ele está no caminho certo e, assim, passará a desenvolver suas atividades com mais confiança e autonomia. Já quando um feedback é dado para corrigir um comportamento, o objetivo é mostrar que o empregado está sendo inadequado, o que muitas vezes não é percebido pela pessoa que se comporta dessa maneira.

Dar um feedback significa oferecer uma conversa particular e estruturada, pois você precisa deixar a situação clara para o funcionário e para isso você precisa estar preparado. Construa o roteiro de sua conversa ordenando os tópicos que devem ser abordados e o modo como devem ser abordados. Conclua sempre a conversa de maneira positiva, lembrando ao empregado o seu comprometimento e o resultado que é esperado dele.

3. Delegar atividades

Você, ou o gestor, precisam saber delegar algumas atividades. O responsável não conseguirá fazer tudo sozinho e nem ficará no encalço de um empregado em tempo integral para saber se ele está fazendo tudo corretamente.

A delegação de uma atividade é um “voto de confiança” no empregado, pois é um ato de transmissão de tarefas e obrigações de uma pessoa para a outra. Isso, porém, não significa a transmissão da responsabilidade, ou seja, você, ou o chef de cozinha, ainda será responsável pelo resultado do trabalho executado por outro. Por essa razão, trata-se de uma relação de confiança que exige que os empregados estejam bem treinados, motivados e em buscar do melhor resultado.

4. Manter uma boa comunicação

Por meio da comunicação os empregados conhecem a dinâmica da empresa, seus valores, seus objetivos, seus resultados e o que falta para atingi-los. Uma boa comunicação envolve o empregado e faz ele se sentir responsável pelos resultados da empresa. Sentindo-se responsável, ele fará todos os esforços para que os objetivos sejam alcançados.

A comunicação precisa ser ágil, transparente, participativa, feita por meio de diferentes canais e multidirecional. Ela precisa ser de cima para baixo, de baixo para cima e na horizontal para que atinja todos os níveis hierárquicos e uniformize a informação transmitida.

Estas foram 4 melhores práticas fáceis de serem implantadas e que, quando bem aplicadas à gestão de funcionários de seu restaurante, trazem ao seu negócio muitos resultados positivos. Quer mais dicas de gestão para seu estabelecimento? Siga as redes sociais da CCM Pedido Online! Curta a nossa página no Facebook e nosso perfil no Instagram.

Você pode gostar
Vantagens de um aplicativo: descubra por que seu restaurante precisa de um
As habilidades indispensáveis de um gerente: confira!
As habilidades indispensáveis de um gerente: confira!


Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This